Política

PF diz que Jucá, Renan e Sarney não obstruíram a Lava Jato

A Polícia Federal concluiu que o ex-presidente José Sarney e os senadores Romero Jucá (RR) e Renan Calheiros (AL), caciques do PMDB, não tentaram barrar a Operação Lava Jato. Em relatório ao Supremo Tribunal Federal sobre os áudios entregues pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, que gravou conversas com Sarney, Jucá e Renan, a PF sustenta que não há como comprovar o cometimento de crimes por parte do ex-presidente e dos senadores.

Fotos: Estadão Da esquerda para a direita: Romero Jucá, Renan Calheiros e José Sarney.

Email

Polícia Federal deflagra OPERAÇÃO ASTAROTH em Alagoas

A Polícia Federal em Alagoas deflagrou, na data de hoje, a a Operação ASTAROTH (uma alusão ao exercício de poder que pode despertar o demônio da vaidade), com cumprimento de 17 (dezessete) Mandados de Busca e Apreensão e de Sequestro de Bens nos municípios de Maceió/AL, Santana do Ipanema/AL, Marechal Deodoro/AL e Pão de Açúcar/AL.

Foto: Assessoria

Email

PSC filia dois novos prefeitos em Alagoas

Os prefeitos de Feira Grande, Flavinho Lira, e de Colônia Leopoldina, Manuilson Andrade, são os mais novos filiados do PSC. Eles foram recebidos, na noite desta terça-feira (18) em uma concorrida reunião, que foi comandada pelo presidente de honra do partido, o deputado estadual Sérgio Toledo e contou com a presença do governador Renan Filho, destacando sua parceria com a legenda que compõe sua base aliada em Alagoas desde o início da gestão. O PSC já tinha três vice-prefeitos e 64 vereadores espalhados por toda Alagoas.

Foto: Andreza Araújo

Email

Temer abre os cofres para manter sobrevida política

O presidente Michel Temer segue em sua Cruzada para remontar a base aliada. A bola da vez é uma reunião de negociação nesta quarta-feira com as centrais sindicais, para minimizar os danos da reforma trabalhista. O texto aprovado pelo Senado na semana passada extingue a obrigatoriedade de trabalhadores registrados pagarem o imposto sindical, principal fonte de receita de sindicatos e federações em todo o país. O pagamento, que correspondia a um dia de trabalho por ano, torna-se opcional.

Temer: econtrou com Rodrigo Maia ontem para evitar polêmica entre os dois e seus partidos (Adriano Machado/Reuters)

Email

Ronaldo Lessa diz que reformas têm que acontecer no Judiciário e no MP

O deputado federal Ronaldo Lessa (PDT) disse nesta sexta-feira, 14, que será um dos parlamentares brasileiros na linha de frente contra as propostas do governo Michel Temer, que  ferem os direitos dos trabalhadores, como já aconteceu com a reforma trabalhista e está para acontecer com a reforma da previdência.

Foto: Reprodução

Email

Boletim Informativo

Ao clicar em inscrever a página será atualizada!
Nunca enviaremos SPAM!

Curta no facebook!