Dick denuncia
Sábado, 15 Agosto 2020 09:52

Passo de Camaragibe' Trabalhadores da cultura do município, tem até o dia 22 para se inscreverem no Cadastro Único da Cultura Alagoana

Para efetuar o cadastro precisa acessar o site http://www.cuca.al.gov.br

Escrito por Redação com Assessoria
Passo de Camaragibe' Trabalhadores da cultura do município, tem até o dia 22 para se inscreverem no Cadastro Único da Cultura Alagoana Iustração: Assessoria

Em Passo de Camaragibe, os trabalhadores da cultura do município, tem até o dia 22 para se inscreverem no Cadastro Único da Cultura Alagoana para solicitar o acesso ao recurso do auxílio emergencial da Lei Aldir Blanc.

Lançado recentemente pela Secretaria de Estado da Cultua (Secult/AL), o Cadastro Único da Cultura Alagoana, o Cuca, segue até o dia 22 de agosto com inscrições abertas.

O novo sistema, desenvolvido em parceria com a Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti), é um portal e também um aplicativo disponível para Android e IOS, onde o gestor pode acompanhar a sua cidade pelo computador ou smartphone, tendo a sua senha e sua área administrativa para operar, homologar e acessar os dados do seu município. “O CUCA tem espaço e tecnologia para atender a todos os 102 municípios de Alagoas. Ele servirá também como acesso a Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e como mapa cultural do Estado. Esse mapa será um dos maiores legados em decorrência do que a Lei nos impôs, pelo cadastro no CUCA será feito automaticamente Cruzamento dos CPFs”, explica o superintendente de apoio à produção cultural, Paulo Poeta

Para efetuar o cadastro acesse o site http://cuca.al.gov.br

Lei Aldir Blanc

A Lei Aldir Blanc - sancionada no dia 29 de junho - foi uma das medidas emergenciais que o Governo Federal encontrou para minorar os efeitos da pandemia no país, disponibilizando auxílio financeiro aos artistas informais do Brasil, durante o período da pandemia do coronavírus. Alagoas deve receber um valor estimado em mais de R$ 57 milhões, sendo R$ 31,5 milhões para o Estado e o restante direto na conta dos municípios.

 

Primeiro Momento © 2013 - 2018 Todos os direitos reservados.