Dick denuncia
Segunda, 06 Julho 2020 21:19

Hospital Regional do Norte abre as portas para casos da Covid-19 nesta terça-feira (07)

Dos 123 leitos, equipamento vai disponibilizar inicialmente 60 para tratar pacientes com suspeita ou confirmação do novo coronavírus

Escrito por Redação com Assessoria
Hospital Regional do Norte abre as portas para casos da Covid-19 nesta terça-feira (07) Foto: Thiago Sampaio

O governador Renan Filho e o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, entregaram, na manhã desta segunda-feira (06), o Hospital Regional do Norte, em Porto Calvo. O equipamento abre a partir das 7h desta terça-feira (07) para atender, inicialmente, casos suspeitos e confirmados de Covid-19, e vai beneficiar uma população de mais de 166 mil habitantes de nove municípios que compõem a 2ª Região de Saúde.

Uma Unidade de Suporte Avançado (USA) também foi entregue pelo governador e o secretário de Saúde. A UTI Móvel ficará à disposição da Base Descentralizada do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Porto Calvo para o combate à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

"Esse é o maior investimento em saúde pública da história dessa região, que vai estruturar todo o atendimento à população dos municípios do Norte de Alagoas", afirmou Renan Filho. O governador recordou que a entrega do Hospital Regional do Norte estava prevista para agosto, mas foi antecipada de forma emergencial em decorrência da pandemia.

"Com o vencimento da pandemia, que ocorrerá num curto espaço de tempo – com a colaboração de todos –, esse hospital vai ser utilizado para cuidar de todos os problemas de saúde da população", explicou.

O equipamento tem capacidade para 123 leitos. Foram investidos R$ 30,7 milhões, recursos do Tesouro Estadual. Neste primeiro momento, serão abertos 60 leitos, sendo 50 clínicos e 10 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), todos destinados exclusivamente aos casos de Covid-19. Renan Filho agradeceu ao governo federal pelo envio dos respiradores, que possibilitaram a abertura dos leitos de UTI do Hospital Regional do Norte.

 

Foto: Thiago Sampaio

"Somente no último mês, 129 pacientes dessa região foram levados para Maceió para tratar Covid-19. Quarenta e dois deles tiveram de ser transferidos para um leito de UTI. Agora poderão ser tratados aqui mesmo em Porto Calvo", observou Renan Filho.

O secretário Alexandre Ayres informou que o Hospital Regional do Norte vai gerar, inicialmente, cerca de 500 empregos. "Fizemos um chamamento público, que já está divulgado no site da Secretaria de Saúde, para contratar, inicialmente, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Contratamos emergencialmente outros profissionais para as demais categorias para que a gente antecipasse essa reabertura. Serão 500 profissionais que vão estar na linha de frente do combate à Covid-19", disse Ayres.

Ele lembrou, ainda, que a construção do Hospital Regional preenche o vazio assistencial que existia no Norte de Alagoas, na realização de diagnósticos de média complexidade. Os serviços ofertados pelo novo equipamento vão aproximar a Assistência Básica de Saúde da Atenção Especializada, possibilitando o diagnóstico e tratamento em tempo oportuno e o mais próximo possível do cidadão. Antes, os pacientes tinham de ser transferidos a Maceió, sobrecarregando o sistema hospitalar da capital.

Quando estiver em pleno funcionamento, o Hospital Regional do Norte vai ofertar 123 leitos em Clinica Médica; Pediátrica; UCI Neonatal; UCI Canguru; UTI Adulto; Obstétrica e Cirúrgica. O equipamento está implantado numa área com 11.320 m², e de forma geral atenderá diretamente a uma população estimada em 166.048 habitantes dos municípios de Porto Calvo, Jacuípe, Japaratinga, Maragogi, Matriz de Camaragibe, Passo de Camaragibe, Porto de Pedras, São Luiz do Quitunde e São Miguel dos Milagres.

 

Foto: Thiago Sampaio

O governador anunciou, ainda, um plano de reestruturação dos hospitais municipais da região Norte, com a destinação de R$ 2 milhões a cada unidade hospitalar. Os recursos serão utilizados na melhoria da estrutura física, na compra de ambulâncias e de equipamentos. Os projetos devem ser feitos pelos municípios e submetidos à análise da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para aprovação. "A mudança na saúde pública do Norte de Alagoas será geral", garantiu Renan Filho.

O prefeito de Porto Calvo, David Pedrosa, destacou a importância do equipamento: "Hoje é um dia muito feliz para Porto Calvo e para toda a população da região Norte. O governador garantiu e realizou esse sonho, que muita gente achou que não seria possível".

Regional da Mata – Renan Filho anunciou para o dia 29 de setembro a entrega do Hospital Regional da Mata, em União dos Palmares, construído nos moldes do Regional do Norte. "Ele será o quarto hospital em Alagoas entregue em um ano pelo Governo do Estado", lembrou, citando as entregas do Hospital da Mulher, em setembro de 2019; do Metropolitano, em maio deste ano; e do Regional do Norte, nesta segunda-feira (06).

 

 

Primeiro Momento © 2013 - 2018 Todos os direitos reservados.