Dick denuncia
Quinta, 18 Junho 2020 07:40

Máscaras de tecido produzidas por alunos do curso de bordado e renda são distribuídas em Maceió

Escrito por Redação com Assessoria
Máscaras de tecido produzidas por alunos do curso de bordado e renda são distribuídas em Maceió Foto: Ascom/Seades Foram entregues 2 mil máscaras de tecido a todas os moradores da comunidade

Moradores da  comunidade Portelinha, localizada no bairro Cidade Universitária, em Maceió, receberam hoje duas mil máscaras de tecido, produzidas no curso de bordado e renda, subsidiado pela Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) em convênio com o Centro de Recuperação e Educação Nutricional (CREN). Além das máscaras, foram entregues cestas básicas, diferentes tipos de raízes, pães e material de limpeza. 

A entrega ocorreu no período da manhã e contou com a presença do Secretário de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Sílvio Bulhões, e da presidente do Centro, Dra. Telma Toledo. A iniciativa é parte do esforço para diminuir os efeitos da pandemia da Covid-19 entre as comunidades de alta vulnerabilidade social de Maceió. A Portelinha é uma comunidade carente, constituída em torno de 260 habitações, onde moram, no mínimo, quatro pessoas por residência.

Todas as famílias da comunidade receberam os produtos. As cestas básicas foram montadas com itens de doações ao Centro, e os outros artigos, adquiridos por ele da agricultura familiar e de cooperativas. Crianças da Portelinha são atendidas pelo CREN e suas mães fazem parte dos cursos de capacitação. 

As máscaras, confeccionadas de acordo com as orientações do Ministério da Saúde, também serão entregues em outras comunidades atendidas pelo Centro. Uma parte delas, no entanto, será doada pela Seades a abrigos e locais de distribuição de quentinhas, fornecidas pela Secretaria, como também distribuídas para a população em situação de rua.

Sílvio Bulhões avaliou a importância de parcerias dessa natureza. “Durante o processo de pandemia do coronavírus, nós fortalecemos ainda mais a parceria que temos com o CREN. Nessa nova etapa, a ideia é capacitar em torno de 150 mulheres em diversas áreas, dentre elas, no curso de corte e costura. O interessante, nesse momento, é que, com a capacitação de mulheres, o resultado será entregue à população em situação de vulnerabilidade social, ou seja, através do recurso do termo de fomento celebrado entre a Seades e o CREN, iremos produzir 40 mil máscaras que serão distribuídas às famílias em vários bairros da capital. É uma ação muito importante porque, além de incluir produtivamente, de capacitar, de gerar renda para as famílias que estão precisando, a gente também ajuda na prevenção da disseminação do vírus em Maceió”,  

O curso de capacitação terá duração de quatro meses e formará em torno de 150 mães de crianças atendidas pelo Centro. A princípio, seriam produzidas 20 mil máscaras de tecido, mas o recurso permitiu a ampliação da produção para 40 mil. Em etapa posterior, o curso dará continuidade à confecção de itens diversificados, cujo resultado de sua comercialização será revertido para as mães participantes do curso.

Daniella Gazzaneo, Superintendente de Avaliação e Gestão da Informação (SAGI), pondera a respeito da importância desta ação. “A Seades, por meio da SAGI, tem este convênio com o CREN, que é uma instituição muito conceituada, muito bem gerida. Esta ação reuniu diferentes atores e contribuiu para diminuir a possibilidade de disseminação do vírus. Houve o acompanhamento, a entrega, a conversa sobre a conscientização do uso das máscaras, de como usá-las e lavá-las, a atenção nesse período vulnerável que a gente está vivendo. Foi uma ação maravilhosa e enriquecedora para todos. Além da entrega dos produtos, este convênio dá a possibilidade de gerar renda, de ensinar um ofício”.

Primeiro Momento © 2013 - 2018 Todos os direitos reservados.