Secretaria de Segurança do Estado
Quarta, 02 Maio 2018 13:23

HGE e Samu realizam ação do Maio Amarelo em Maceió no domingo (6)

Além de alertar sobre as leis de trânsito, serão ofertados serviços à população

Escrito por Redação com Agência Alagoas
HGE e Samu realizam ação do Maio Amarelo em Maceió no domingo (6) Paciente vítima de acidente de trânsito é submetido a cirurgia no HGE. Fotos: Neude Brandão

Texto de Neide Brandão

Referência nos atendimentos de trauma em Alagoas, o Hospital Geral do Estado (HGE), em parceria com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), realiza neste domingo (6), na rua fechada da orla da Ponta Verde, um evento de prevenção aos acidentes de trânsito. A ação, que será realizada em alusão à Campanha Maio Amarelo – que alerta sobre os perigos no trânsito – vai acontecer a partir das 8h e irá disponibilizar serviços como aferição de pressão, testes de glicemia e de HIV, além de orientações sorbe prevenção a traumas graves.

De acordo com o médico cirurgião Amauri Clemente, o evento visa atrair a atenção da sociedade para a gravidade dos traumas decorrentes de acidentes no trânsito. Isso porque, em 2016, o HGE atendeu 9.425 pessoas com algum tipo de trauma relacionado a acidentes de trânsito. Destes, 4.222 envolveram motos, 3.269 colisões, 1.038 atropelamentos, 612 acidentes com bicicletas e 284 capotamentos.

No ano passado o número de pacientes que deram entrada no HGE por envolvimento em acidentes de trânsito diminuiu, mas ainda foi elevado, contabilizando 7.799 pacientes. Destes, 3.555 foram relacionados a motos, 2.614 colisões, 792 atropelamentos, 514 acidentes com bicicletas e 324 capotamentos.

Para os quatro primeiros meses de 2018, o HGE apresenta 2.640 acidentados nas vias alagoanas. Foram 1.162 envolvidos com motos, 921 colisões, 251 atropelamentos, 202 acidentes de bicicleta e 104 capotamentos.

Segundo o cirurgião Amauri Clemente, a prevenção ao trauma ainda é a melhor maneira de evitar este mal, que é responsável pela incapacitação de jovens até os 44 anos de idade. “Os acidentes envolvendo motociclistas são os mais graves e com maior ocorrência na unidade hospitalar, mas, a celeridade no atendimento de emergência e a realização de procedimentos eletivos devolvem a saúde a muitos pacientes”, ressaltou.

 

Primeiro Momento © 2013 - 2018 Todos os direitos reservados.