Secretaria de Segurança do Estado
Sexta, 13 Abril 2018 09:07

Evasão escolar no ensino médio da rede estadual cai 60% nos últimos 10 anos

Dados do Inep referentes aos anos letivos de 2007 a 2017 também atestam a diminuição da evasão no ensino fundamental

Escrito por Redação com Lucas Leite/Agência Alagoas
Evasão escolar no ensino médio da rede estadual cai 60% nos últimos 10 anos Escolas de ensino integral têm contribuído para a redução do abandono. Foto: Valdir Rocha

A educação na rede pública estadual de Alagoas vive um novo momento. A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) tem se esforçado para oferecer um ensino de qualidade aos jovens alagoanos. Um dos principais pontos trabalhados pela secretaria é o combate à evasão escolar.

No ensino médio, por exemplo, a evasão diminuiu 59,4% em dez anos, o equivalente a 12,4 pontos percentuais, uma vez que o abandono escolar caiu de 23,1% (2007) para 9,4 %(2017). Os dados são do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e foram organizados pela Superintendência da Rede Estadual de ensino da Seduc.

Durante o mesmo período, o ensino fundamental também registrou uma grande diminuição da evasão escolar: 74,6%. Os números caíram de 15,8 pontos percentuais (2007) para 6,2 (2017).

Ações

Para conseguir estes resultados, a Seduc tem promovido ações e fornecido materiais de qualidade para tornar a escola mais atrativa para os alunos.

Entre as ações estão os principais programas Escola da Hora, que dá autonomia para o diretor realizar pequenas reformas na escola; o Escola Web, que disponibiliza recursos para a contratação de internet, além da renovação do parque tecnológico; e o Escola 10, que promove a integração entre as redes municipais e estadual, tratando a educação pública de qualidade como um objetivo comum, com foco na aprovação, combate ao abandono e busca ativa pelos alunos fora da sala de aula.

A secretária de Estado da Educação, Laura Souza, afirma que o Programa de Robótica, a reforma e construção de 68 ginásios esportivos – dos quais, mais de 40 já foram entregues - e a promoção do Encontro Estudantil da Rede Estadual de Alagoas têm ajudado a aumentar o sentimento de pertencimento dos jovens.

Os ginásios proporcionam a prática de esportes, permitindo aos alunos utilizarem melhor o espaço escolar. Outra coisa muito importante é o protagonismo estudantil. Desde 2015 realizamos o Encontro Estudantil, onde os jovens se apresentam por meio de diversas linguagens. Temos também o Programa de Robótica e o Ensino Integral. Este último faz com que o jovem passe o dia inteiro na unidade de ensino, o que permite que os professores tenham um melhor acompanhamento. Todas essas são ações que fazem com que o aluno se engaje na escola”, diz a secretária.

Em relação ao ensino integral, que hoje abrange 50 escolas estaduais na capital e no interior, Laura Souza explica que a Seduc também tem feito um trabalho junto aos pais de alunos, destacando os benefícios da modalidade. “Temos levado os pais à escola e feito um trabalho com as famílias no sentido de mostrar que se trata de um investimento no futuro destes jovens”, destaca a secretária.

Primeiro Momento © 2013 - 2018 Todos os direitos reservados.