Secretaria de Segurança do Estado

A Prefeitura Municipal do Passo de Camaragibe, através da secretaria municipal de Assistência Social entregou nesta terça-feira (27), cestas nutricionais para gestantes e nutrizes que fazem parte do programa de Complementação Alimentar e Nutricional para Gestantes, Nutrizes e Crianças alagoanas em situação de insegurança alimentar e nutricional....

No total foram 141 famílias camaragibanas beneficiadas. Estiveram presentes, o secretário de Assistência Social Paulo Pedro, além da prefeita Vania Câmara e demais secretários.

A prefeita Vania destacou a importância da ação em que as gestantes e nutrizes inseridas no programa recebem as cestas nutricionais.

"É um programa muito importante para as mães do município. Quero agradecer também aos agentes comunitários de saúde, fundamentais no processo de identificação das mulheres participantes. Um trabalho em conjunto que só fortalece a ação no Passo".

O secretário Paulo Pedro explicou que é de suma importância combater e minimizar as carências nutricionais com essa complementação alimentar, visando uma gestação e uma amamentação saudável, garantindo que dessa forma a população camaragibana tenha mais saúde e qualidade de vida.

O Programa tem como objetivo contribuir para redução da insegurança alimentar, preservando o direito humano de ter uma alimentação adequada.

O evento que vai até a próxima quarta-feira (31) reúne alguns nomes renomados da educação do país, professores doutores de Minas Gerais, Rio Grande do Norte, São Paulo e Paraíba. Hoje foi realizada a palestra “Espaço Não Formais de Ensino” da Doutora Alessandra Brandão - Paraíba (UEPB)

 O secretário Ruy Câmara destacou que o intuito do simpósio é traçar uma formação continuada para todos os professores da rede municipal.

“Queremos tentar mudar o paradigma da forma de olhar a educação. Do jeito como está sendo feito no Passo para promover essa mudança para uma visão mais humanizada buscando a construção, mas também procurando tornar a escola um espaço lúdico. Um atrativo para criança. Um trabalho lúdico que ao mesmo tempo tem conteúdos pedagógicos. Onde a criança brinque e aprenda. Outro tema foi o uso de tecnologias digitais dentro das salas de aula.

Como utilizar as redes sociais na educação? A realidade virtual, o telefone celular, aplicativos educacionais, games educativos? A questão é contextualização histórica, sócio cultural e digital, essa abrangência lúdica em prol da educação. Temos uma rede grande, quase 800 funcionários e a ideia do simpósio é que nos treinássemos toda a rede, do porteiro da escola até a merendeira. Traçamos palestras, cursos e oficinas, mas o cerne do simpósio são os professores”, salientou.

Primeiro Momento © 2013 - 2018 Todos os direitos reservados.