Secretaria de Segurança do Estado
Sábado, 17 Fevereiro 2018 08:54

Campeonato alagoano sub 20 começa dia 24

A Diretoria de Competições da Federação Alagoana de Futebol  iberou os detalhes da edição 2018 do Campeonato Alagoano Sub-20. Os primeiros jogos vão acontecer no dia 24 de fevereiro. A competição terá quatro fases e será disputada por 19 clubes. Na primeira fase, as equipes foram divididas em dois grupos.

O grupo A será formado por Sete de Setembro, Murici, FF Porto Calvense, Coruripe, ASA, Jaciobá, Agrimaq, Sport e Santa Rita. 

O grupo B terá Santa Cruz, CEO, CRB, CSA, CSE, Internacional, Ponte Preta, Dimensão Capela e São Domingos. 

Pelo regulamento, nesta primeira fase as equipes jogam em sistema somente de ida, em que os integrantes se enfrentam dentro do próprio Grupo, perfazendo o total de oito jogos para cada. Ao final da Primeira Fase, estarão classificadas para a fase seguinte, as Equipes que ocuparem as quatro primeiras posições de cada um dos dois grupos.

Na primeira rodada, o ASA estreia jogando em Maceió, no estádio João Batista, enfrentando o Sete de Setembro. 

Os outros jogos: 

Sport x Santa Rita, em Atalaia; 

Jacyobá x Murici, em Pão de Açúcar;

Agrimaq x FF Porto Calvense, em Barra de Santo Antônio 

 

O time viajou no final da manhã, desta terça-feira, com destino ao Sul do País para disputar uma vaga na terceira fase da Copa do Brasil. Na quinta-feira, o CRB vai enfrentar  Novo Hamburgo, às 20h30, no Estádio do Vale, em jogo único.

Para essa partida decisiva, o técnico Mazola Júnior relacionou 18 atletas para a viagem. De grande novidade fica a estreia na relação do volante Willians Fernandes, já a baixa fica pela ausência do volante Claudinei.

O CRB vai para o Rio Grande do Sul dois antes da partida, uma logística voltada para oferecer a melhor preparação possível para a partida. Segundo o supervisor Marcos Lima Verde, tudo foi planejado para o Galo fazer um grande jogo na quinta-feira.

“A diretoria do CRB saiu na frente mais uma vez e conseguimos organizar a melhor logística para essa decisão. O presidente Marcos Barbosa nos deu todas as condições e vamos chegar com muita antecedência no Rio Grande do Sul”, disse ele.

Confira a lista dos relacionados para o jogo contra o Novo Hamburgo:

Goleiros – João Carlos e Edson Mardden

Laterais – Ayrton e Diego

Zagueiros – Flávio Boaventura, Anderson Conceição, Edson Borges e Everton Sena

Volantes – Feijão, Serginho e Willians Fernandes

Meias – Leílson, Rafael Bastos e Edson Ratinho

Atacantes – Neto Baiano, Marcão, Willians Santana e Ruan.

As entradas custarão R$ 30,00 para as arquibancadas baixas, R$ 50,00 para as altas e R$ 100,00 cadeiras especiais.

Os pontos de venda são a Loja Azulão (antiga Avenida Amélia Rosa), Polysport (Maceió Shopping/Patio Shopping/Centro) e Arena das Torcidas (Shopping Farol). Para os visitantes, as vendas serão realizadas apenas nas lojas Polysport (Maceió Shopping e Pátio Shopping), nos mesmos valores.

Vendas Online

Os ingressos podem ser comprados também pela internet. O link para compras está disponível no site oficial do clube, www.centrosportivoalagoano.com.br, abaixo do banner de próximo jogo, lado direito da página inicial.

O procedimento é muito simples. O torcedor escolhe o setor e a quantidade de ingressos, preenche os dados necessários e realiza a compra através do cartão de crédito. Com a confirmação da compra é gerado um e-ticket que deve ser impresso e apresentado na entrada do estádio.

Além do site, o torcedor pode comprar também pelo aplicativo da empresa Guichê Web. Basta fazer o download do app na App Store ou na Play Store e realizar a compra. Assim como pelo site, após a confirmação da compra confirmação da compra é gerado um e-ticket que deve ser impresso e apresentado na entrada do estádio.

Após ter empatado em 0 a 0, no último domingo, com o Santa Rita em Boca da Mata, o CSE voltou empatar em 0 a 0 com o CSA, na cidade de Palmeira dos Índios, na tarde deste sábado (10), pela 5ª rodada do Campeonato Alagoano e segue sem vencer no Estádio Municipal Juca Sampaio.

Mais uma vez, faltou criatividade ao ataque tricolor, ao não vencer o bloqueio defensivo adversário. O com o resultado, o CSE segue na 7ª colocação com cinco pontos ganhos em quatro jogos. O tricolor só volta a campo no dia 18, contra o Murici, às 16h, também no Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios.

Já o CSA com o empate, foi ultrapassado pelo CEO e caiu da vice liderança do estadual ficando em 3º com oito pontos, também em quatro jogos. Agora, o azulão do esquece o Alagoano e só pensa no jogo contra o São Paulo, na próxima quinta-feira, às 20h30, no Rei Pelé, em Maceió pela Copa do Brasil.

Ficha Técnica

CSE: 1 - André Pereira; 2 – Pinheirinho; 3 - Diogo Batista; 4 – Weverson; 6 – David; 5 – Cezar; 8 – Josias; 10 - Juninho Paraíba; 7 - Diego Clementino; 9 - Pedro Maycon; 11 - Junior Alves. Técnico: Sostenes Felix.

BANCO: CSE

12- Diogo, 13- Jadson, 14- Julio, 15- Gilberto Matuto, 16- Loirinho, 17- Geovanio, 18- André Rodrigues, 19- Jajá, 20- Índio.

CSA

12 – Cajuru; 2 – Celsinho; 3 – Lobão; 4 – Roger; 6 – Paulinho; 5 – Yuri; 8 – Boquita; 17 – Echeverria; 7 – Caíque; 30 - Bruno Veiga; 29 - Michel Douglas; Técnico: Flávio Araújo.

BANCO: CSA
1- Dalton, 13- Cristiano, 14- Talisson, 15- Da Silva, 16- Dawhan, 18- Yago, 19- Didira, 20- Josimar, 21- João Victor.

ARBITRAGEM
José Ricardo Laranjeira apitou o jogo. Ele foi auxiliado por Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Ana Paula dos Santos.      

A Promotoria de Justiça da cidade de Boca da Mata vai investigar a venda de bebida alcoólica no estádio Olival Elias de Morais, o que é proibido pelo Estatuto do Torcedor. A medida está publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (31). A comercialização teria acontecido no jogo envolvendo Santa Rita x CSA, pelo campeonato alagoano.

De acordo com a publicação, assinada pelo promotor Bruno de Souza Martins Baptista, a denúncia foi feita pelo Comando da Polícia Militar. Tal fato seria um descumprimento da legislação por parte do Esporte Clube Santa Rita e a Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude de Boca da Mata.

Um dos documentos trazidos pelo Comando da PM é a existência de Lei Municipal autorizando o comércio, em violação direta à Lei Federal nº 10.671/2003, que "veda o consumo e a comercialização de bebidas alcoólicas nas dependências dos estádios, e que tal liberalidade impulsionaria a violência nesse setor, comprometendo a segurança dos presentes no evento".

Além disso, a promotoria considera que a Assembleia Legislativa de Alagoas já deliberou sobre matéria similar, aprovando o Projeto de Lei n° 153/2015, cujo objeto versava sobre autorização e a regulamentação da venda e do consumo de bebidas alcoólicas em eventos desportivos no Estado de Alagoas, e que a norma foi vetada pelo governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), tendo em vista que a matéria contrariava determinação expressa da Lei Federal nº 10.671/2003.

Como o Campeonato Alagoano já iniciou e há jogos durante a semana no município, o promotor "entendeu por bem instaurar o presente procedimento, para que as normas relativas à proibição do comércio de bebidas alcoólicas em estádios e arenas esportivas sejam respeitadas".

O clube

O diretor de futebol do Esporte Clube Santa Rita, Eduardo Neto, informou que o clube segue a lei municipal. "Temos uma lei municipial que foi aprovada pelo prefeito. A justiça precisa derrubar essa lei para que seja inconstitucional", diz.

Celeiro de grandes craques, o CSA passa por uma reestruturação nas categorias de base neste ano de 2018. Após a reformulação na gestão, anunciada na última semana, a próxima novidade será o lançamento de uma franquia da Escolinha do CSA, onde os garotos dão os primeiros passos no sonho de se tornar jogador profissional.

O objetivo, segundo o diretor das categorias de base, Pedrinho Tenório, é aumentar a possibilidade da descoberta de novos talentos e ainda expandir a marca do clube.

“Dessa forma a gente pretende descentralizar o processo de formação, tendo escolinhas espalhadas em todo o estado, com isso aumentar as chances de encontrarmos talentos para revelarmos no clube. Naturalmente a expansão da marca CSA também está envolvida nesse processo, assim podemos ainda aumentar nossa torcida e expor as marcas parceiras do clube”, disse o dirigente.

A escolinha, destinada a garotos de 7 a 14 anos, passará por uma reestruturação, com a padronização dos trabalhos em conjunto com as outras categorias da base azulina e com diretrizes pedagógicas pensadas também na formação do atleta como cidadão, inclusive com a participação dos pais nesse trabalho.

O também dirigente das categorias de base, Fernando Barros, reforçou as palavras de Pedrinho Tenório e ressaltou a chance de aproximar o clube de crianças que sonham com o esporte.

"Além de propagar a marca e nossos patrocinadores, também levaremos a todo estado a oportunidade daqueles que sonham com o futebol, ter uma chance próximo a eles. O CSA, Alagoas e os municípios que quiseram a escolinha do azulão só terão a ganhar com isso", afirmou Fernando.

O clube já está disponível a negociações para a abertura de franquias em Maceió e no interior do estado. O interessado precisa ir até o CT Gustavo Paiva, no Mutange, das 13h às 16h, e procurar a gestão do departamento amador, coordenada por Marquinhos Mossoró, para dar inicio as tratativas.

A diretoria do Flamengo oficializou nesta terça-feira a contratação do atacante Marlos Moreno. O colombiano, que já estava treinando com os demais jogadores do clube, assinou contrato de empréstimo até o dia 31 de dezembro deste ano. Ele pertence ao Manchester City.

Moreno já estava no Rio de Janeiro desde o fim de semana. Mas só foi confirmado nesta terça após passar pelos exames médicos e acertar os detalhes burocráticos. O jogador já treinava com o grupo na segunda, no CT do Flamengo, sob a ordens do técnico Paulo César Carpegiani.

Revelado pelo Atlético Nacional, da Colômbia, Moreno chega ao time carioca por indicação do técnico Reinaldo Rueda, que deixou o clube para comandar a seleção do Chile.

Apesar da saída do treinador, a diretoria manteve a ideia de contratar o reforço para o seu setor ofensivo.

BEM DEMAIS...
Com a camisa do Atlético, o atacante se destacou no início da campanha do título da Copa Libertadores de 2016, tanto que foi contratado pelo City após a competição. O time inglês, então, o emprestou para o La Coruña e para o Girona, da Espanha, mas o jogador decepcionou em ambos e ficou sem espaço.

A aposta do Flamengo é que ele volte a viver os bons momentos que teve com a camisa do Atlético Nacional. Marlos Moreno será o terceiro colombiano do elenco rubro-negro, ao lado do volante Cuéllar e do também atacante Orlando Berrío, com quem atuou no time de Medellín.

Fonte: Futebol Interior

O meia Daniel Costa foi o maestro do CSA no título da Série C. Líder do elenco, acertou a volta ao clube durante o Alagoano e chegou como principal reforço do primeiro semestre. Correspondeu às expectativas no Brasileiro, no segundo semestre. Sem ter feito pré-temporada, ele começou a jogar logo após ser regularizado.

- Pré-temporada é a base física e durante os jogos vamos ganhando condicionamento. Esse ano, quando cheguei no CSA, eu estava afastado lá no clube da Turquia. Não estava treinando sempre e tive um pouco de dificuldade porque cheguei já com a necessidade de jogar. Aos poucos, nos jogos, fui ganhando condição e, agora, pegando uma pré-temporada do início, vou me dedicar ao máximo para ter a condição boa e ir crescendo durante os jogos - contou o meia.

Ao lado de Dawhan, Daniel Costa foi o que mais jogou na temporada do CSA: fechou o ano com 40 partidas. Após o título da Série C, os jogadores começaram as férias e se reapresentaram na segunda.

- Posso dizer que aproveitei bastante essas férias e agora vou ter que sofrer um pouquinho [para baixar o peso]. Todo meu início de pré-temporada, eu sempre ganho um pouco de peso, isso é normal, e sempre consegui entrar no limite que a comissão pede. Vou sofrer um pouco, mas faz parte - disse o meia.

O CSA estreia na temporada em 18 de janeiro, contra o Sampaio Corrêa, pelo Nordestão. A direção pretende marcar até três amistosos durante a preparação. Após dois dias, com reunião e exames, os jogadores têm mais 36 dias até primeira partida oficial.

- Não vamos ter tempo de treinar [no começo da temporada]. Então, já antecipando esse período de treinamento, isso vai dar uma base e sabemos da exigência da parte física. É de suma importância esse planejamento que está sendo feito. Nós jogadores precisamos cumprir a risca para que todos possam estar bem fisicamente - finalizou o meia.

 

O meia Daniel Costa foi o maestro do CSA no título da Série C. Líder do elenco, acertou a volta ao clube durante o Alagoano e chegou como principal reforço do primeiro semestre. Correspondeu às expectativas no Brasileiro, no segundo semestre. Sem ter feito pré-temporada, ele começou a jogar logo após ser regularizado.

- Pré-temporada é a base física e durante os jogos vamos ganhando condicionamento. Esse ano, quando cheguei no CSA, eu estava afastado lá no clube da Turquia. Não estava treinando sempre e tive um pouco de dificuldade porque cheguei já com a necessidade de jogar. Aos poucos, nos jogos, fui ganhando condição e, agora, pegando uma pré-temporada do início, vou me dedicar ao máximo para ter a condição boa e ir crescendo durante os jogos - contou o meia.

Ao lado de Dawhan, Daniel Costa foi o que mais jogou na temporada do CSA: fechou o ano com 40 partidas. Após o título da Série C, os jogadores começaram as férias e se reapresentaram na segunda.

- Posso dizer que aproveitei bastante essas férias e agora vou ter que sofrer um pouquinho [para baixar o peso]. Todo meu início de pré-temporada, eu sempre ganho um pouco de peso, isso é normal, e sempre consegui entrar no limite que a comissão pede. Vou sofrer um pouco, mas faz parte - disse o meia.

O CSA estreia na temporada em 18 de janeiro, contra o Sampaio Corrêa, pelo Nordestão. A direção pretende marcar até três amistosos durante a preparação. Após dois dias, com reunião e exames, os jogadores têm mais 36 dias até primeira partida oficial.

- Não vamos ter tempo de treinar [no começo da temporada]. Então, já antecipando esse período de treinamento, isso vai dar uma base e sabemos da exigência da parte física. É de suma importância esse planejamento que está sendo feito. Nós jogadores precisamos cumprir a risca para que todos possam estar bem fisicamente - finalizou o meia.

 
Primeiro Momento © 2013 - 2018 Todos os direitos reservados.