Secretaria de Segurança do Estado

Com o objetivo de diminuir o tempo-resposta na região de Arapiraca e adjacências, o Grupamento de Operações Aéreas (GOA) e o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) ampliaram o serviço aeromédico nesse período de folia.

Com o uso do helicóptero multifunção, o Falcão 05, o serviço dos bombeiros é potencializado e o tempo-resposta no atendimento a ocorrências de acidentes automobilísticos, afogamentos e buscas e resgate de pronto atendimento é diminuído.

O serviço foi iniciado no sábado de carnaval e durará até esta terça-feira (13). Segundo o coronel André Madeiro, comandante do Grupamento de Operações Aéreas, o uso da aeronave funcionará durante o carnaval e após o período serão analisados os resultados, para a possível implantação de uma base fixa em Arapiraca.

"Diante do elevado número de ocorrências na região, vimos a necessidade de implantar o serviço nesse local, pois, com apenas uma guarnição, ampliamos nosso raio de ação e visão, aumentando também a sobrevida do acidentado", disse o coronel, enfatizando que em alguns casos o tempo-resposta diminui em até 70%.

A guarnição é composta pelo piloto, por um médico e um enfermeiro, ambos do Samu, e um bombeiro militar. Durante os quatro dias de carnaval foram realizadas ações de monitoramento em Arapiraca e áreas litorâneas, compreendendo o percurso das cidades de Penedo e Jequiá da Praia. Até a segunda-feira (12), a equipe atendeu a três chamados.

A parceria do Corpo de Bombeiros e Grupamento de Operações Aéreas foi iniciada em julho de 2010 e, desde então, já realizou 1.439 atendimentos. Até o mês de outubro de 2017 foram salvas 131 vidas.

Para solicitar o atendimento do Corpo de Bombeiros basta ligar 193, e a central analisará a necessidade de acionar o socorro aereomédico.

A fé remove montanhas. Ela ultrapassa todos os obstáculos e cria, desta forma, conexões. Foi o que aconteceu com a história de fé manifestada em Arapiraca.

O fundador da cidade, Manoel André Correia dos Santos, trouxe uma imagem de Nossa Senhora do Bom Conselho para o município, inaugurando assim a religiosidade hoje tão presente no cotidiano do nosso povo.

O percurso feito por ele, em 1864, passa por Bom Conselho-PE, Rainha Isabel-PE, Palmeira dos Índios-AL, Igaci-AL e, por fim, pela segunda maior cidade de Alagoas.

E, nesta quarta-feira (31), mais de 200 cavaleiros e amazonas arapiraquenses saíram da cidade com o nome da padroeira para refazer o mesmo caminho espiritual realizado por Manoel André, levando a imagem a uma capela que construiu em cima do túmulo de sua esposa Maria Valente.

“Diante do quadro social e político que hoje vive o Brasil, o que mais precisamos é de ‘bons conselhos’. A gente agradece a esta cidade pernambucana por ter nos dado uma padroeira tão querida. Que esta cavalgada resvale na união, na paz, na esperança e na transformação interior de cada um. Viva Nossa Senhora!”, diz o prefeito Rogério Teófilo.

Esta 16ª edição da Cavalgada de Nossa Senhora do Bom Conselho tem organização da Associação dos Criadores de Cavalos de Sela de Arapiraca (Acesa) e conta com o apoio da Prefeitura de Arapiraca.

Amazona Cristiane Mércia é quem vai conduzir a santa até Arapiraca (Foto: William Rocha)

Missa e cavalgada

No local, houve uma missa na capela dentro do Colégio Nossa Senhora de Bom Conselho, conduzida pelo bispo diocesano de Penedo-AL, dom Valério Brêda, e pelo pároco da concatedral, Antenor Montenegro Jr. A celebração eucarística rendeu homenagens a José Robério e Josué Correto, dois cavaleiros que não estão mais entre nós.

Em sua fala, o bispo colocou que Nossa Senhora do Bom Conselho teria aberto o caminho da cidade de Arapiraca.

“Ela foi acolhida como mãe do povo arapiraquense. A sua presença traz refúgio, atrai; torna uma sociedade coesa. Faz aflorar a memória histórica e a consciência que cada família carrega, uma história de respeito e de muito valor”, comenta Brêda, durante o sermão.

Assim, inundados de emoção ao final da missa, os cavaleiros e amazonas foram à porta da capela a fim de receber a bênção com água benta antes de partirem para a jornada de três dias carregando a santa.

Eles e elas serão recebidos pelo povo de Arapiraca no próximo dia 2, data da Festa da Padroeira, num grande evento no Largo Dom Fernando Gomes, no Centro, em frente à Paróquia Concatedral Nossa Senhora do Bom Conselho.

Estiveram presentes os vereadores Fabiano Leão e Pablo Fênix; deputado estadual Tarcizo Freire; deputado estadual Ricardo Nezinho; presidente da Acesa, Marcelo Leonardo; ex-prefeito de Arapiraca, José Alexandre – este último levou para lá pela primeira vez a Orquestra Coringa; e o ex-deputado estadual Demuriez Leão.

“A nossa cavalgada este ano tem um grande atrativo: a presença dos fiéis do terço de Nossa Senhora do Bom Conselho. Essa será uma cavalgada de muita paz e alegria”, reforça o presidente da Acesa, Marcelo Leonardo.

Prefeito Rogério Teófilo fez a 1ª Leitura na missa; ao final da celebração, religiosos abençoaram a cavalgada rumo à segunda maior cidade de Alagoas. Wiliam Rocha

Confira a programação completa:

21/01 (Domingo)
16h – Carreata pelas ruas da cidade com a imagem de Nossa Senhora do Bom Conselho e bênção dos motoristas;
19h30 – Celebração eucarística na concatedral (celebrantes: Padre Antenor Montenegro Jr. e padre Diego Luiz da Silva)

23/01 (Terça-feira)
19h – Exposição sobre a Festa da Padroeira
Local: Museu Zezito Guedes, bairro do Centro

24/01 (Quarta-feira)
18h30 – Recitação do terço, ladainha de Nossa Senhora e hasteamento da bandeiras;
19h30 – Celebração eucarística (celebrante: padre Joãozinho, do Sagrado Coração de Jesus)
Noiteiros – Prefeitura Municipal de Arapiraca, Câmara Municipal de Vereadores, Servidores Públicos, SMTT, IMPREV, Polícia Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Comerciantes, CDL, Sindilojas, Legião de Maria, Mãe Rainha e Congregação Mariana
Animação Litúrgica – Coral Vozes do Altíssimo;
Evento – Show religioso com padre Joãozinho

25/01 (Quinta-feira)
18h30 – Recitação do terço e ladainha de Nossa Senhora;
19h30 – Celebração eucarística (celebrantes: padre José Barbosa Neto, padre Ednaldo Firmino e padre Alexandre Rafael)
Noiteiros – Paróquias Sagrado Coração de Jesus, N. Sra. da Conceição, Área Pastoral Sto. Antônio, Ministros Extraordinários da Comunhão, Cursilho de Cristandade, Focolares e Amigos da Canção Nova
Animação Litúrgica – Área Pastoral Santo Antônio;
Evento – Noite Italiana – Comunidade Shalom;
Animação Cultural – Fabi Mariah

26/01 (Sexta-feira)
18h30 – Recitação do terço e ladainha de Nossa Senhora;
19h30 – Celebração eucarística (celebrantes: padre Marlúcio e padre Daniel do Nascimento)
Noiteiros – Juventude, TLC, Amigos pela Fé, Jovens Sarados, Equipes Jovens de Nossa Senhora, Ministério Jovem da RCC, Escolas Públicas e Particulares, Universidades e Renovação Carismática
Animação Litúrgica – Paróquia Nossa Senhora do Carmo;
Evento – Show da banda Dona Flô

27/01 (Sábado)
18h30 – Recitação do terço e ladainha de Nossa Senhora;
19h30 – Celebração eucarística (celebrante: dom Hildebrando Mendes Costa)
Noiteiros – ECC, Pastoral Familiar, Equipes de Nossa Senhora, Pastoral Cerimonial e Caminho Neo-Catecumenal
Animação Litúrgica – ECC;
Evento – Noite Dançante Familiar – Jordão

28/01 (Domingo)
7h30 – 1ª Corrida da Padroeira;
16h – Tradicional Leilão de Gado;
18h30 – Recitação do terço e ladainha de Nossa Senhora;
19h30 – Celebração eucarística (celebrante: dom Henrique Soares da Costa)
Noiteiros – Irmãs Franciscanas, Monjas Beneditinas, Patronesses, Pastoral dos Surdos, Pastoral da Pessoa Idosa, Associação dos Aposentados e Pensionistas
Animação Litúrgica – Unidos pela Missão;
Evento – Espetáculo Filho de Deus, Menino Meu – Comunidade Shalom

29/01 (Segunda-feira)
18h30 – Recitação do terço e ladainha de Nossa Senhora;
19h30 – Celebração eucarística (celebrantes: padre Paulo de Melo, padre Eugênio Alexandre, padre Fabiano, padre Bartolomeu Estevam e padre Gilberto Pinheiro)
Noiteiros – Paróquias Santo Antônio, Santíssimo Redentor e N. Sra. das Graças; Crianças, Acólitos e Ancilas e Catequese
Animação Litúrgica – Coral Tom Cristão Kids;
Evento – Festival da Alegria com o Palhaço Dido

30/01 (Terça-feira)
18h30 – Recitação do terço e ladainha de Nossa Senhora;
19h30 – Celebração eucarística (celebrantes: padre Josenildo Nunes)
Noiteiros – Pastoral do Dízimo, Pastoral Litúrgica, Comunidade Shalom, Apostolado da Oração, Sacramentinos e Trânsito de São José
Animação Litúrgica – Comunidade Shalom;
Evento – Banda Fé em Canção

31/01 (Quarta-feira)
18h30 – Recitação do terço e ladainha de Nossa Senhora;
19h30 – Celebração eucarística (celebrantes: padre Luciano Duarte e padre Ednaldo dos Santos)
Noiteiros – Comunidade Kerygma, Pastoral da Acolhida, Pastoral do Batismo e Terço dos Homens
Animação Litúrgica – Comunidade Kerygma;
Evento – Leilão de Prendas

01/02 (Quinta-feira)
18h30 – Recitação do terço e ladainha de Nossa Senhora;
19h30 – Celebração eucarística (celebrantes: padre Antônio Lopes, padre Danilo Soares e padre Frei Mateus Tavares)
Noiteiros – Paróquias São José, N. Sra. do Perpétuo Socorro e Área Pastoral Rainha Isabel. Comunidades Cristo de Betânea, São Luís, N. Sra. Aparecida e N. Sra. de Lourdes
Animação Litúrgica – Comunidade Nossa Senhora Aparecida;
Evento – Junior Silveira e os Excêntricos Musicais

02/02 (Sexta-feira)
Festa Solene da Padroeira de N. Sra. do Bom Conselho e Procissão
9h – Missa (celebrantes: bispo diocesano dom Valério Breda e bispo emérito de Sergipe, dom Hildebrando Costa)
Animação Litúrgica – Coral Vozes do Altíssimo
16h – Chegada da Cavalgada;
17h – Missa campal e procissão (celebrantes: padre Antenor Montenegro Jr. e padre Diego Luis)
Animação Litúrgica – Coral Vozes de Arapiraca

03/02 (Sábado)
20h – II Noite Oracional Hosana Arapiraca
Cantores da Canção Nova: Emanuel Estênio, André Florêncio e Juliana de Paula.
Local: Ginásio Municipal João Paulo II, bairro do Centro

Chegando ao Bairro Zélia Barbosa, em Arapiraca, não é difícil encontrar postes de iluminação pública sem funcionar. Moradores da região reclamam que esta situação vem se prolongando por quase um ano.

À noite, alguns locais ficam totalmente sem iluminação. Entre as ruas mais escuras estão a Manoel da Nóbrega, Rua dos Eucaliptos e Rua dos Nativos.

A moradora Janielma de França, professora de uma unidade estudantil próxima, fala da sensação de insegurança que a escuridão do bairro traz: “Eu, que trabalho à noite, para sair, o rapaz da van tem que vir me pegar em casa e me deixar em casa, apesar de ser perto da escola. São constantes assaltos. Além da escuridão, as ruas são cheias de mato”, relata a moradora.

Procurada, a Prefeitura disse ao 7segundos que existe um cronograma de ações da Superintendência de Iluminação que está sendo seguido e que o bairro Zélia Barbosa está incluso nas atividades.

A 14ª edição do Folia de Rua, tradicional prévia carnavalesca de Arapiraca, fez jus aquela frase que diz que o carnaval é a festa mais democrática do Brasil. Isso porque este ano o prefeito Rogério Teófilo tomou a iniciativa de resgatar blocos antigos da capital do Agreste, que há muitos anos não desfilavam, e colocou na avenida, nesse sábado (27), o novo, o velho, a criança e o adolescente, tudo junto e misturado.

 

Com o tema “Arapiraca: resgatando tradições”, os blocos Zum Zum, A Pinta, Bandinha do Dedé e Tengo Tengo saíram à frente do desfile, junto com o Pinto da Madrugada, puxando os foliões dos outros 14 blocos. Tudo supervisionado pela Polícia Militar, guardas da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), seguranças municipais e Corpo de Bombeiros, garantindo assim a segurança da população.

“Trazer a família para a rua, esse é o meu objetivo desde o primeiro momento, então o que estamos vendo aqui hoje é justamente isso, um resgate da cultura arapiraquense, com a família participando, brincando o carnaval, é isso que Arapiraca quer e é que o governo municipal quer fazer”, disse Rogério.

E pelo que pôde perceber, conversando com os foliões, eles querem realmente isso, pular carnaval ao lado da família, independente da idade. Prova disso é Maurício Fernandes, prestes a completar 70 anos, que disse estar muito contente por poder rever “esta maravilha que eram os blocos carnavalescos de rua”.

Ele é integrante do bloco “A Pinta”, fundado em 1967, que segundo o presidente do bloco, Lula Mendes, foi o que deu origem a outros blocos. Inclusive, o próprio Rogério saía neste bloco. Como é possível ver nas imagens abaixo:

           

Já a Bandinha do Dedé, que leva o nome do seu fundador, já falecido, começou só com homens, também no ano de 1967, mas depois convidou algumas mulheres e foi crescendo.

Este ano, Carlos Leão, que esteve responsável por resgatar o bloco, disse que só não aceitou o convite de voltar a desfilar quem já partiu, mas a grande maioria marcou presença e quem não pôde, por motivo de doença ou viagem, mandou filhos e netos. Passando assim de geração para geração.

A abelha, com seu Zum Zum, músicas e batidas próprias, fundado por João Nascimento, falecido há dois anos, era uma animação só. “Os velhos estão doidos para pular”, disse o jornalista Eli Mário, responsável pelo bloco, minutos antes da largada.

E estavam mesmo, até porque os integrantes do Zum Zum estão acostumados com uma verdadeira maratona, pois de acordo com o folião Cícero Brito, nos antigos carnavais eles começavam às 9h da manhã e só terminava doze horas depois, sempre com muita alegria e entusiasmo. Ou seja, disposição eles têm de sobra.

O folião Cícero Brito, feliz da vida.

Tem também o Tengo Tengo, que carrega o sol do abaeté no peito. Ele foi fundado em 1972 e foi o bloco que ganhou o cinquentenário de Arapiraca, além de outras vitórias, as quais Carlos Cajueiro recorda cheio de saudosismo.

 

 

Na ultima quarta-feira (24), o Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio da Promotoria do Consumidor, em Arapiraca, reuniu representantes de órgãos municipais e da Secretaria de Segurança Pública (SSP), além da Liga dos Blocos, para a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que tem como intento garantir a paz nas prévias e no período carnavalesco naquele município. O documento tem 29 cláusulas com obrigações individualizadas, cujo cumprimento será acompanhado pelo promotor de Justiça, Saulo Ventura.

O evento ocorre de 27 a 29 deste mês e segue a programação dos blocos com cronograma já oficializado. Tanto nas prévias, como durante o evento, será proibida a utilização de som em trios elétricos ou veículos com caixas acústicas sem autorização para desfilar. O Comando do 3º Batalhão ficou com a obrigação de disponibilizar contingente suficiente para o policiamento ostensivo, garantindo dessa forma a ordem nos locais de folia.

Dentro das suas atribuições, o Corpo de Bombeiros Militar (CBM) fiscalizará todas as estruturas, exigindo a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), do engenheiro responsável pela montagem e instalações elétricas. Já para os locais fechados deverá ser exigido o Projeto de Segurança contra Incêndio e Pânico e o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

À Polícia Civil, o Ministério Público encaminhará ofício sugerindo plano operacional para as prévias e também carnaval, além da atuação de uma equipe de plantão para a lavração de Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCO).

Já Vigilância Sanitária fiscalizará a comercialização de produtos alimentícios verificando, por exemplo, a manipulação e o acondicionamento, bem como será auxiliada pelos representantes dos blocos que se comprometeram a orientar os foliões a não consumirem bebidas em vasilhames de vidros. A desobediência deverá ser comunicada imediatamente à Polícia Militar para que adote as medidas cabíveis. Também em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Obras terá como conferir o cadastro completo dos ambulantes autorizados a vender seus produtos.

Foi definido que para o acontecimento, a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) deverá cuidar da interdição de seis ruas, assegurando também a normalidade do fluxo de veículos com vias alternativas de escoamento.

“O Ministério Público reuniu todos os segmentos para que cada assuma sua responsabilidade e garanta direitos e deveres. Manteremos a vigilância em função do cumprimento do TAC e queremos, na verdade, que o evento ocorra dentro da legalidade e com segurança. Caso alguém descumpra as obrigações assumidas, aplicaremos a punição”, ressalta o promotor de Justiça, Saulo Ventura.

Em caso de descumprimento das obrigações assumidas por qualquer signatário será aplicada a multa de R$ 5 mil com valor revertido para o Fundo Municipal de Proteção dos Direitos do Consumidor.

Em ritmo de campanha pré-eleitoral a ex-prefeita de Arapiraca Célia Rocha (PTC) pré-candidata a deputada estadual nas eleições deste ano, acusou o prefeito Rogério Teófilo (PSDB) de atrasar obras com recursos conseguidos na sua gestão com o objetivo de desvincular suas ações.

A ex-prefeita fez a acusação em um vídeo gravado em companhia do senador Fernando Collor (PTC) que foi o autor da emenda da ordem de 1 milhão destinados a revitalização da Praça Governador Afrânio Lages, conhecida como Praça da Rodoviária no bairro Jardim Tropical.

As obras de recuperação do espaço público bastante antigo em Arapiraca que é dotada de quadra poliesportiva, rampas para a pratica de skate e lanchonete, foram iniciadas recentemente. No entanto, de acordo com a ex-prefeita, deveriam serem iniciadas em abril de 2017. “O prefeito fica esticando e distanciando as obras para não citar que são ações de sua gestão” lamentou a ex-prefeita no vídeo veiculado na página pessoal do senador Fernando Collor.   

A ex-prefeita visitou as obras em companhia do senador Fernando Collor na última sexta-feira (19) após a inauguração da sede regional do PTC m Arapiraca que é presidido em nível estadual pela ex-prefeita Célia Rocha. Antes do evento, o senador, em companhia dos vereadores Léo Saturnino (MDB) e Fábio Henrique (PCdoB) e do ex-prefeito Severino Leão concedeu entrevistas ao comunicador Alves Correia na Gazeta FM e ao radialista Ives Cavalcante na 96 FM- Arapiraca.

 

Em Cidades
Primeiro Momento © 2013 - 2018 Todos os direitos reservados.