Blog do Pedro Oliveira

Sobre o autor: Pedro Oliveira, jornalista e escritor. Articulista político do Jornal Extra, Jornal Tribuna do Sertão. Pós graduado em Ciências Políticas pela UnB, presidente do Instituto Cidadão. Membro da União Brasileira de Escritores e da Academia Palmeirense de Letras.

Eleição: 2018 já começou

Em meu livro “Brasil – A história das Eleições”, comentando o desastroso processo eleitoral brasileiro, seus vícios e suas portas escancaradas para todo tipo de “negócios”, escrevi: No Brasil é assim: a próxima eleição começa antes de terminada a apuração da anterior. Aqui e alhures nada muda e tudo se repete. A eleição de 2018 começou no final da contagem de votos do pleito de 2016.

Ilustração

Email

A manjada “herança maldita”

As vezes me pergunto: se reclamam  tanto, se acham tão “ruim” e “sacrificante” por que tantos e tantos se dispõem , brigam, matam e até morrem  para disputar um cargo de prefeito por pequena e pobre que seja a cidade do interior. Seriam heróis ou iriam ao sacrifício pelo povo, pelo desejo de servir? Uma ova! Existem ainda os que não se conformam com o mandato ( quatro ou oito anos) e buscam eleger, muitas vezes fraudulentamente ou criminosamente, esposas, filhos, e “laranjas”, apenas para que continue no apodrecido poder. Tenho asco desse tipo de político safado.

Foto: Reprodução

Email

A postura de Renan Calheiros

Posso ter alguma discordância com o senador alagoano Renan Calheiros, mas sempre tive respeito por sua coragem cívica e sua competência política. Há alguns anos escrevi um artigo com o titulo "Renan Calheiros, um predestinado". Onde tracei um breve histórico da biografia política do senador, sua trajetória e suas conquistas.

Foto: Reprodução

Email

Liberados fichas sujas

Decisão do Supremo Tribunal Federal referendada esta semana libera a candidatura de ao menos 80% dos políticos inelegíveis pela Lei da Ficha Limpa a concorrer às eleições de 2016. Em julgamento conjunto de dois recursos extraordinários, os ministros entenderam que é exclusividade da Câmara Municipal a competência para julgar as contas de governo e da gestão de prefeitos. De acordo com a deliberação do plenário, cabe aos Tribunais de Contas apenas auxiliar o Poder Legislativo municipal, emitindo parecer prévio e opinativo, mas que poderá ser derrubado por decisão de dois terços dos vereadores. As entidades ligadas à criação da Lei da Ficha Limpa começaram a se mobilizar tão logo a sessão do STF foi concluída. Um dos idealizadores da lei e membro do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), o ex-juiz Márlon Reis avalia que a decisão da Corte é a “de efeito mais drástico” sobre a regra sancionada em 2010. De acordo com o especialista, as instituições estão avaliando a “saída jurídica” mais eficaz para recorrer à questão. 

Foto: Reprodução

Email

Escola sem partido. Onde e por quê?

O programa, que tem ganhado defensores e críticos nos últimos tempos, existe desde 2004 e foi criado por membros da sociedade civil. Segundo Miguel Nagib, advogado e coordenador da organização, a ideia surgiu como uma reação contra práticas no ensino brasileiro que eles consideram ilegais. "De um lado, a doutrinação política e ideológica em sala de aula, e de outro, a usurpação do direito dos pais dos alunos sobre a educação moral e religiosa dos seus filhos", explica . A proposta do movimento é de que seja afixado na parede das salas de aula de todas as escolas do país um cartaz, onde estarão escritos os deveres do professor. 

Gravura: Reprodução

Email

Boletim Informativo

Ao clicar em inscrever a página será atualizada!
Nunca enviaremos SPAM!

Curta no facebook!